Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \24\UTC 2010

As Time Goes By

E naquela tarde de sábado ela decidiu. Chegou nele e disse que iria embora. Ele, que sentiu aquela sensação estranha no estômago, teve vontade de falar um monte de coisa, mas caminhou até a geladeira, abriu uma cerveja e perguntou um estúpido por que?

E ela disse que ele estava tendo problemas com a bebida. Ele sabia disso, mas sabia também que o problema dele com a bebida estava ligado diretamente a falta de amor que ela oferecia. E ele deixou ela ir, sabia que tinha o dever de implorar, gritar, pedir pelo amor de Deus pra ela ficar, mas sentia que seria inútil. Sentia no tom de voz dela, quando ela falou que iria pra casa da mãe e que na segunda, quando ele estivesse no trabalho, passaria na casa deles (que agora será só dele) para pegar as coisas dela. (mais…)

Read Full Post »